A LABRE faz por você? Seja honesto.

A ANATEL publicou o Ato Normativo 9106 que traz o plano de bandas complementar ao Regulamento 697.

Os radioamadores não perderam nenhuma faixa, ao contrário, mantiveram as conquistas espectrais da Resolução 697 e as faixas passantes foram retiradas da norma, entre outros avanços.

Consulta Pública A ANATEL recebeu 166 contribuições durante a fase de consulta pública. A LABRE também enviou sugestões pela retirada das faixas passantes, readequações de modos em algumas sub faixas para comportar usos habituais do espectro e manutenção das condições operacionais para comunicados espaciais em frequências altas.

A ANATEL aprovou sugestões da LABRE e manteve a destinação das faixas de 13 cm e 9 cm com os radioamadores. Outras sugestões enviadas pela comunidade também foram consideradas pela ANATEL como reconhecimento de – Elevação do serviço para caráter primário em parte da faixa de 4 mm; – Elevação do serviço para caráter primário em parte da faixa de 2 mm; – Elevação do serviço para caráter primário em parte da faixa de 1 mm; – Manutenção integral da faixa dos 13 cm; – Manutenção integral da faixa de 9 cm; – Manutenção das condições operacionais para comunicações espaciais em frequências altas; – Reconhecimento das estações temporárias localizadas em espaço próximo; – Nova subfaixa adicional para EME em 13 cm; – Ampliação de potência máxima para 1,5 kW; – Reconhecimento dos modos de voz digital, incluindo repetidoras; – Identificação de frequências para IVG em simplex e interligação de repetidoras; – Correções de canalizações em repetidoras; – Reconhecimento de repetidoras em banda cruzada; – Inclusão de canalizações de repetidoras acima dos 902 MHz; – Reconhecimento de ACDS com aplicações para estudo de rádio propagação; – Alinhamento de sub faixas para emissões piloto com a Região 1 permitindo monitoramento mútuo de possíveis aberturas por modos de propagação transatlânticos; – Acesso desburocratizado a faixas de acima dos 24 GHz; – Organização das sub faixas em SHF e EHF com novas aplicações. Link para a Resolução 697: https://tinyurl.com/res-697-2018 Link para o Ato Normativo 9106: https://tinyurl.com/ato-9106-2018 repetidoras em banda cruzada, frequências IVG na interligação de repetidoras, novo segmento adicional de EME, entre outras. Embora assinado dia 22 de novembro de 2018, o ato entrou em vigor no dia 26 de novembro de 2018 com publicação interna no boletim de serviços, conforme prazo dado pelo Regulamento 697. Conquistas e ampliações de direitos Em termos gerais a Resolução 697 e o Ato Normativo 9106 configuram uma das maiores conquistas espectrais de toda história do radioamadorismo brasileiro tanto em quantidade como qualidade de atribuições e variedade de aplicações, em destaque mesmo internacional dado o volume de inovações em uma única atualização normativa, uma conquista coletiva parametrizada com as orientações da UIT, a União Internacional de Telecomunicações. Eis alguns dos avanços: – Ampliação da faixa dos 30 m; – Ampliação da faixa dos 80 m; – Ampliação da faixa dos 160 m; – Nova faixa dos 2200 m; – Nova faixa dos 660 m; – Nova faixa dos 60 m; – Nova faixa dos 2,5 mm; – Elevação do serviço para caráter primário na faixa de 6 mm; – Elevação do serviço para caráter primário em parte da faixa de 1,2 cm;

Fonte: QTC 02/2019 LABRE/CE

Print Friendly, PDF & Email

11 Replies to “A LABRE faz por você? Seja honesto.”

  1. É louvável as conquistas do nosso grupo de defesa do espectro e negociações com a agência.
    Porém estamos sendo afligidos por uma normativa que praticamente inviabiliza ao radioamador POBRE (geralmente estudantes de baixa renda, que o nosso caro Ministro Marcos Pontes quer inserir no hobby e a outros irmãos que a grande crise afeta neste País) seguir estas, uma vez que a normativa de fiscalização criminaliza praticamente qualquer infração, mesmo que leves. Onerar em mais 200 reais por uma etiqueta, sem acrescer em nada a melhora do funcionamento da estação.
    Sem dizer daqueles que são guardiões da história do radioamadorismo brasileiro, que têm exemplares em seu acervo, reformam às grandes penas, compram e pagam impostos, caríssimos diga-se de passagem, por peças importadas, garimpadas às vezes por uma vida inteira. Tanto outros que consertam rádios de terceiros que são criminalizados também.
    Fica aqui meu protesto à esta entidade que talvez um MANDADO DE SEGURANÇA coletivo tenha que ser impetrado para a proteção da nossa causa.
    Foram conquistadas muitas ESTRADAS para o radioamador seguir, porém estamos DESCALÇOS para correr por elas.
    TKS pela atenção.

    Indicativo : PY2YRC
    Labreano :
  2. Infelizmente a LABRE tem deixado muito a desejar em vários pontos… Em primeiro lugar a ANATEL tem tratado radioamadores como se fossem emissores profissionais, exigindo homologações de equipamentos , projetos técnicos de sistemas irradiantes com engenheiros responsáveis e outras exigências que fogem quilometricamente do escopo amadorístico e experimental do radioamadorismo, inobstante, ainda mantém exigências absolutamente inoportunas e inócuas como o teste em CW para promoções de classe, quando que hoje dispomos de inúmeras modalidades de emissão e o CW resta apenas como uma delas neste rol, diga-se extinto , precisamos desburocratizar e simplificar o acesso, a promoção, a valorização e o interesse , ou veremos o radioamadorismo ser sepultado no Brasil.. Temos 5 Labres inativas no país, ou seja, sem representatividade nestes Estados, isso é lastimável e mostra exatamente o quadro crítico que o excesso de preciosismo, saudosismo e conservadorismo estão causando nesta decadente atividade. Nossos filhos e netos, com honrosas exceções dão sequer atenção ou olham para nossos equipamentos nem curiosidade eles demonstram mais , a internet mostra sua eficácia, viabilidade, popularidade , acessibilidade e facilidade enquanto que nós ainda estamos discutindo a necessidade do código morse para “promovermos radioamadores” verdadeiros dinossauros da comunicação moderna ?…Lamentável , reflito e peço atenção para que se não houver um incentivo, facilitações e atratividade, seremos responsáveis pela falência múltipla de órgãos da Labre e de toda atividade radioamadorística brasileira.
    São nossas considerações com a mais franca e objetiva opinião.
    José Adriano de Oliveira, PU2OAJ – Advogado – SP

    Indicativo : pU2OAJ
    Labreano :
    1
    2
  3. São conquistas valiosas que a LABRE vem conseguindo com algumas consultas feitas pela Agência Reguladora em prol do radioamadorismo nacional. Ainda enfrentamos o sério problema sobre as homologações dos equipamentos que são impostas aos radioamadores pela ANATEL.

    Indicativo : PY2VOA
  4. Realmente está CP n 47 dificultará muitos RA que queiram deixar suas estações de Radioamadorismo com tudo conforme a Lei determina,toda vez que a Agência coloca uma regulamentação para telecomunicações está trazendo muita dor de cabeça para o Radioamadorismo Brasileiro.

    Indicativo : Py2Hx
  5. Presíso de ajuda já fui.aprovado.meu indicativo py2 ppi no ano de 2001.renovei a primeira vez. Depois disso não falei mais no rádio. Ágora né aposentei. Gostaria de voltar ao radio. Presíso fazer as provas de radio amador novamente. Ou é pagar os anos atrasados. Desde já obrigado.

    Indicativo : Py2ppi
    1. Vanderlei, o ideal é vc procurar a LABRE SP, lá vc será orientado, em função das alterações ocorridas na nossa legislação, seja bem vindo ao radioamadorismo e boa sorte.

    2. Olá Vanderlei, a mesma coisa aconteceu comigo. Fazia muito tempo que não operava mais, perdi meu indicativo e não paguei mais o FISTEL nem coer, entretanto, você continua sendo radioamador. Isto vc não perde. Basta enter em contato com a ANATEL e pagar as taxas obrigatórias e sair falando. Não é necessário fazer prova novamente. Bons contatos. 73′

    3. Aconteceu comigo, como o Coer e permanente bastar solicitar novo indicativo, se u seu estiver sendo usado, pagar as taxas e pronto, radioamador de novo.

  6. Parabéns ! Excelente os trabalhos desenvolvidos pela LABRE. E lamentável que muitos radioamadores, dotados de conhecimentos técnicos, não colaborem com os assuntos das Consultas Tecnicas da ANATEL. Pessoalmente, tenho me omitido, apesar dos 61 anos como radioamador, principalmente pela ausencia dos conhecimentos acima mencionados. Peço desculpas por não colaborar com a LABRE, sobte tais quesitos. No entretanto, congratulo-me com os integrantes do GDE, que vem demostrandro um excelente trabalho em prol do radioamadorismo brasileiro. Aquele abraçoooooo!.

    Indicativo : Py3asq/Py1e
    1
    2
  7. Parabéns pelas conquistas, a LABRE faz por nós! Agora poderiam tentar modificar a necessidade de homologar todos os rádios, uma vez que um equipamento é homologado, todos os demais de mesmo.modelo deveriam ser homologados automaticamente…. 73!

    Indicativo : PU3DPA
  8. Atualmente sócio remido LABRE-PR.
    Ótimo trabalho de todos, inclusive dos 166 participantes que questionaram a CP que nos infligia uma restrição absurda de BW.
    Agora tem uma outra CP, N.o 47 que finaliza dia 19/JAN/2019 :
    https://sistemas.anatel.gov.br/SACP/Contribuicoes/TextoConsulta.asp?CodProcesso=C2190&Tipo=1&Opcao=andamento

    Essa CP será que nos impõe a manter torres de mais de 27 metros de altura em nosso QTH para podermos utilizar a potencia máxima legal em frequencias acima de 10 Mhz.
    Quem em são consiencia colocara em seu QTH 2 mastros de 27 metros de altura pra instalar um dipolo, a mais simples das antenas, pra se comunicar na banda de 20 metros com 1KW ????

    Indicativo : PY5VB

Deixe uma resposta

O campo marcado com asterisco vermelho, é de preenchimento obrigatório. "palavras ofensivas ou de baixo calão não serão publicadas"

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deseja associar-se? procure a LABRE do seu Estado e se necessário entre em contato com secretaria@labre.org.br. Agradecemos seu interesse em apoiar as ações da LABRE, em benefício de todos nós. Lembramos que o interessado pode associar-se a LABRE de qualquer Estado, nos termos do Art. 35 do Estatuto da LABRE

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.