Novos números da CP14, a menos de duas semanas para seu encerramento

A LABRE novamente conseguiu uma atualização dos números da Consulta Pública Nº14/2020. Até as 14 horas de hoje, 22/04, as contribuições somam 617 participações. Agora, este resultado parcial acende um sinal vermelho: se mantivermos o atual ritmo de cerca de 200 contribuições semanais, mal ultrapassaremos as 1000 contribuições. Lembrando que temos exatamente 14 dias para contribuirmos até o encerramento do prazo, dia 06/05.

Por isso, conclamamos todos  a continuarem  fazendo sua parte para defender as nossas faixas de UHF numa das seguintes frentes:

  1. Enviando aos seus contatos nas redes sociais o link com o tutorial e o texto da LABRE (clique aqui para acessar), ou o guia rápido que preparamos (Clique aqui para baixar);
  2. Incentivando os colegas, seja via rádio ou seja por qualquer outro meio a participarem também, mostrando a importância de “fazermos barulho” para sermos ouvidos pela Anatel;
  3. Ajudando os que não têm familiaridade com a informática, inclusive até estando QRV para fazer a contribuição em nome deles;
  4. Conseguindo familiares, amigos e outras pessoas fora do nosso círculo do rádio para participar, sempre lembrando que basta ter um CPF para isso.

A LABRE lançou um Certificado de Colaborador que será oferecido a todos os que participarem da consulta pública e o solicitarem por meio do formulário disponível nesta página. Peça já o seu, se já participou.

É preciso lembrar que o site da Anatel não é conhecido por ser estável e imune a falhas. Na última campanha que fizemos, no ano passado, muitos colegas não conseguiram participar pois o site ficou fora do ar faltando ainda algumas horas para acabar o prazo estipulado para participação. Não vamos deixar que este tipo de problema afete a nossa participação.

Faça a sua parte: Participe, divulgue, faça barulho para chamar a atenção dos colegas no rádio e nas redes sociais!

A LABRE agradece a participação de todos os radioamadores brasileiros, pois esta é uma luta de TODOS, indistintamente.

Print Friendly, PDF & Email

2 Replies to “Novos números da CP14, a menos de duas semanas para seu encerramento”

  1. Contribuição: Reconsiderar a consulta pública em questão no sentido de proteger o Serviço de Radioamador.

    Justificativa: A faixas de UHF são extremamente importantes para o desenvolvimento do Radioamadorismo e o fomento tecnológico e educacional no Brasil. A faixa de 430-440 MHz é tradicionalmente ocupada pelo Serviço de Radioamador e representa para muitos radioamadores brasileiros a porção mais acessível do UHF. Este é um dos segmentos reconhecidos para comunicações emergenciais da RENER, a Rede Nacional de Emergência dos Radioamadores, integrada com a Secretaria Nacional de Defesa Civil. As comunicações emergenciais dos radioamadores integradas com autoridades federais, estaduais e locais são de inestimável valor para a sociedade, seja utilizando a rede de repetidoras radioamadoras, tanto analógicas como digitais, bem como por meio de contatos locais e regionais em simplex. Contatos por Reflexão Lunar e experimentais, aproveitando e descobrindo enlaces de longa distância por modos específicos de emissão e rádio propagação, são realizados tanto entre 430-440 MHz como 1240-1300 MHz por radioamadores brasileiros com sistemas irradiantes compactos e eficientes, proporcionando um campo privilegiado de experimentação e educação de vertente científica. A operação e desenvolvimento de satélites de radioamador junto a universidades, centros de pesquisas e agências espaciais é bastante significativa, especialmente cubesats em órbitas baixas (LEO). Todos esses comunicados envolvem sistemas bem sensíveis, sendo que o aumento no ruído pode prejudicar e obliterar os contatos. A comunicação satelital propicia ao radioamador um conjunto de atividades com antenas especializadas, filtros, diplexers, tracking etc. Diante dessas características é evidente a necessidade de proteção do Serviço de Radioamador considerando o potencial interferente dos radares, ainda mais diante das potências que foram citadas na consulta pública (da ordem de kW) e regularidade de emissão, conforme exposto no referente processo, especificações que poderão inviabilizar o exercício do serviço nas faixas citadas na consulta pública.

    Indicativo : PU2YTO
    Labreano : NÃO ASSOCIADO

Deixe uma resposta

O campo marcado com asterisco vermelho, é de preenchimento obrigatório. "palavras ofensivas ou de baixo calão não serão publicadas"

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deseja associar-se? procure a LABRE do seu Estado e se necessário entre em contato com secretaria@labre.org.br. Agradecemos seu interesse em apoiar as ações da LABRE, em benefício de todos nós. Lembramos que o interessado pode associar-se a LABRE de qualquer Estado, nos termos do Art. 35 do Estatuto da LABRE

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.