Neste fim de semana, não perca o Concurso 2 de Julho

Neste fim de semana, não perca o Concurso 2 de Julho

A LABRE-BA anunciou a realização do Concurso 2 de Julho. O certame, de âmbito nacional, acontece a partir deste ano em diante no primeiro final de semana completo do mês de julho e é patrocinado pela LABRE-BA. O seu objetivo é, além da confraternização e o aprimoramento da técnica operacional entre os radioamadores brasileiros e seus equipamentos, celebrar a data de 02 de Julho de 1823, quando as tropas portuguesas foram expulsas da Bahia, em meio à guerra pela independência do Brasil.

O concurso começa às 15:00h (PT2) de 03 julho de 2021 – Sábado – e termina às 18:00h (PT2) de 04 julho de 2021– Domingo – e acontece nas bandas de 80m, 40m, 20m, 15m e 10m. Aos vencedores nas diversas categorias, a LABRE-BA oferecerá uma Placa especial. Certificados digitais serão também ofertados a todos os participantes após a divulgação do resultado final.

Para maiores informações e para conhecer o regulamento completo do concurso, acesse o endereço http://www.labre-ba.org.br/concurso/

LABRE-SC promove LIVE sobre o Concurso Batalha Naval de Riachuelo

LABRE-SC promove LIVE sobre o Concurso Batalha Naval de Riachuelo

Recebemos do Daniel PP5DZ, diretor executivo da LABRE-SC, a informação de que aquela estadual estará promovendo uma LIVE sobre o Concurso Batalha Naval de Riachuelo, certame que acontecerá nos dias 26 e 27 de junho próximos nas faixas de HF e MF. A LIVE bate-papo contará com a participação de Cesar Santos, PY1XH, pela LABRE-RJ, apoiadora do CNBR, do Aspirante Felipe Braga, presidente do GCEN, do Francisco “Ed” Freitas, PS7DX e do Rodrigo Gonçalves, PP5BT, pela LABRE-SC, anfitriã da live: Para participar, acesse https://www.labre-sc.org.br/live.

Para este ano, a principal novidade é a entrada da banda de 160 metros, o que abrirá um novo campo para as disputas. Veja mais detalhes acessando o regulamento completo do concurso em http://gcen.org.br/regulamento/

A LABRE-SC estará transmitindo uma LIVE para conversar sobre o concurso no próximo dia 24/06,

LABRE-MG – NOTA OFICIAL

Nota oficial da LABRE sobre transações financeiras nas faixas de radioamador

A respeito de suposto contato via reflexão lunar relatado em sites especializados aonde teriam sido transmitidos dados de forma a validar ou concretizar operações financeiras por meio de criptomoedas utilizando as faixas de radioamador, a LABRE tem a declarar o seguinte:

  1. A legislação internacional, especificamente as Radio Regulations, RR1-1, item 1.56 da ITU, União Internacional de Telecomunicações (clique aqui para ler), diz taxativamente que as estações do Serviço de Radioamador devem operar “without pecuniary interest”, ou seja, sem interesse pecuniário.
  2. Dada a instância máxima que a ITU exerce no âmbito das telecomunicações a nível internacional, as administrações nacionais dos seus países membros devem seguir suas determinações. Assim, vemos a mesma vedação à utilização com fins pecuniários nos regulamentos de telecomunicações concernentes ao Serviço de Radioamador dos diversos países ao redor do mundo: FCC nos EUA, OFCOM no Reino Unido, ANACOM em Portugal são alguns exemplos.
  3. Por esta razão, a legislação brasileira (Art. 3º da Resolução 449/2006 da ANATEL) é igualmente taxativa quanto à vedação do uso de estações do Serviço de Radioamador para fins comerciais e pecuniários. É importante destacar a utilização dos temos COMERCIAL, aonde o lucro é subjacente, e PECUNIÁRIO, que define explicitamente qualquer uso financeiro ou que envolva dinheiro, mesmo aonde não exista lucro. Isto demonstra cabalmente a vedação ao uso financeiro, seja por qual modo ou por qual motivo for.

É importante afirmar ainda que o caráter experimental do serviço de radioamador não se estende a ponto de poder acomodar o uso pecuniário, mesmo que seja a título experimental e eventual.

Desta forma, em consonância com a legislação brasileira e internacional que é cristalina e pacífica neste ponto, a LABRE CONDENA o uso das faixas de radioamador para validação, concretização ou qualquer outro uso que envolva dinheiro, mesmo que não caracterize o lucro, e RECOMENDA aos radioamadores brasileiros e demais radioperadores que não pratiquem ou participem de qualquer experimento desse tipo, sob pena de sofrer as sanções da Lei.