Por Edson Pereira, PY2SDR

A LABRE recentemente foi convidada pelo Radioamador Roland Gafner, HB9VQQ, para participar de uma rede internacional de beacons sincronizados operando no modo WSPR (Weak Signal Propagation Reporter) – modo desenvolvido pelo Radiomador Joe Taylor, K1JT, com o objetivo de estudo de propagação em HF em condições de sinais extremamente fracos.

O modo WSPR implementa um protocolo projetado para sondar caminhos de propagação usando transmissões em baixa potência. As transmissões contém o indicativo de chamada da estação transmissora, o localizador (QTH locator) e a potência do transmissor em dBm. A decodificação pode ser feita através do software WSJT-X, que permite decodificar sinais com uma relação sinal-ruído tão baixa quanto -34 dB em uma largura de banda de 2500 Hz. As estações com acesso à Internet podem enviar automaticamente seus relatórios de recepção para um banco de dados central chamado WSPRnet, que inclui recursos de busca e mapeamento.

A LABRE pretende participar do projeto com a implementação de um beacon operando inicialmente nas bandas de 80, 40, 20, 15 e 10 metros. O beacon transmitirá com uma potência de aproximadamente 23 dBm (200 mW). O projeto permitirá observações e estudos de propagação em HF, atividades educacionais com escolas na montagem de receptores para recepção dos sinais, entre outros projetos.

O planejamento e coordenação do projeto ficará a cargo do Radioamador Edson Pereira, PY2SDR.