Por Fabio Poli, PY2LY

Tivemos uma matéria sobre o DX em VHF e UHF operando Digital Voice no QTC 05/2021, esclarecendo aberturas de propagação por inversão térmica comuns nessa época do ano para aproveitar DX em DV.

Tivemos também uma matéria sobre Repetidores no QTC anterior, explicando um pouco das diferenças entre um sistema analógico e em Digital Voice, começando pelo áudio convertido logo na entrada de áudio do rádio e transmitido em FSK, mas ambos usando plataforma de rádio em FM de VHF e UHF, sendo um equipamento de rádio como qualquer outro, assim como temos AM, FM, SSB, e outras modulações de áudio.

Aproveitando essas informações e dicas, que tal aproveitar as operações do SOTA para fazer contatos em Digital Voice de rádio para rádio e quem sabe, alguns DX? Não se limitando apenas a um modo digital, hoje há vários radioamadores com equipamentos de DSTAR, YAESU FUSION e DMR.

No DMR a dica é usar as frequências de 145.510, 145.790 e 433.450 para chamados simplex, Color Code 1, Slot2 e TG99 que tem sido o padrão usado por alguns países. Aos demais modos o Ativador poderá divulgar previamente, lembrando que o canal de chamado FM 146.520 não pode ser usado em DV pelo Ato 9106/18 da ANATEL.

AFINAL O QUE É O SOTA?

O SOTA, Summits On The Air, em Português significa MONTANHAS NO AR sendo uma modalidade mundial do radioamadorismo tão peculiar que fica mais fácil explicar o que não é, já que mistura Aventura, Montanhismo, Acampamento, Natureza, contatos em todas as bandas e modos, operação portátil em topo de montanhas, suas particularidades e dificuldades, implicando tudo nas pontuações aos operadores do SOTA e aos demais que os contatarem ou receber suas transmissões. As operações ocorrem em montanhas previamente cadastradas.

Essa modalidade foi planejada para viabilizar a participação de todos, sejam os Ativadores nas montanhas, Caçadores de contato ou Radioescuta, tendo diplomas e troféus para os participantes que atingirem feitos pré-determinados sendo um bom desafio. Os Ativadores planejam suas ativações e divulgam previamente para fechar os contatos, nisso poderão operar em DV divulgando os detalhes e aproveitando esses modos pouco explorados no simples ou DX.

Para quem gosta de Montanhismo e radioamadorismo ou apenas quer conhecer mais dessa “aventura”, poderão consultar o site http://sotabrasil.com.br/ e assistir a um vídeo divulgado pela TV LABRE SP onde o Douglas PY1II fez uma palestra empolgante e interessante, valendo a pena assistir não vendo o tempo passar, para conhecer ou quem sabe se animar a participar.

https://www.youtube.com/watch?v=MV1OcMkskaU

Aos ativadores, fica a nossa dica de levar equipamentos de DV e fazer história nessas modalidades que vieram a agregar ao radioamadorismo de diversas formas. Aos Caçadores de QSO, que tal ligar seus equipamentos nas antenas externas para conseguir contatos simplex e DX como pioneiros?

Agradeço ao Edson Pegoraro PU2POW pela sugestão do tema.

Ficam as dicas e um forte 73 a todos, bons QSOs.

Fabio Poli, PY2LY

Coordenação Nacional em Digital Voice.